A luta pela educação do campo no contexto das políticas educacionais no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.56242/revistaveredas;2023;6;12;47-64

Palavras-chave:

Educação, Prática educacional, Política, Educação rural

Resumo

O presente texto versa sobre a constituição da educação do campo como área especializada e as políticas educacionais direcionadas para essa temática. Nosso ponto de partida é a constatação da exclusão sistemática da população rural das políticas sociais, em especial a educação. Procuramos apresentar em nossa exposição a trajetória de luta pela educação do campo e os princípios que movem sua prática na articulação entre escola e comunidade com vistas a promoção da emancipação dos educandos. Do ponto de vista metodológico foi empreendida abordagem qualitativa, construída através de pesquisa bibliográfica. A questão que orientou a pesquisa pode ser assim expressa: quais as condições para a efetivação de uma educação do campo adequada para a realidade social da comunidade escolar? Argumentamos que a formação de professores, currículo, calendário escolar, transporte e infraestrutura são aspectos de primeira ordem para se pensar uma educação que supere o modelo educacional centrado no paradigma urbano e permita aos educandos do campo acessar saberes e competências condizentes com sua realidade social.

Referências

ANTONIO, C. A.; LUCINI, M. Ensinar e aprender na educação do campo: processos históricos e pedagógicos em relação. Cadernos CEDES [online]. 2007, v. 27, n. 72, pp. 177-195.

BAHNIUK, C.; VENDRAMINI, C. R. Escola e estratégia política na atualidade do MST. Germinal: Marxismo E educação Em Debate, 8(2), 5–27, 2016.

BARBOSA, L. P.; ROSSET, P. M. Educação do campo e pedagogia camponesa agroecológica na América Latina: aportes da La Via Campesina e da CLOC. Educação & Sociedade [online]. 2017, v. 38, n. 140, pp. 705-724.

BASTOS, M. C. P.; FERREIRA, D. V. Metodologia Científica. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2016.

BUCZENKO, G. L. Educação do Campo na perspectiva da sustentabilidade: avanços e desafio. In: CORDEIRO, C. T.; HAMERMÜLLER, D. O. Educação do campo: perspectivas e atualidades. Londrina: Syntagma Editores, 2019.

CAIXETA, M. E. Educação do campo e construção do conhecimento: tensões inevitáveis no trato com as diferenças. Educação em Revista [online]. 2013, v. 29, n. 1, pp. 273-301.

CALDART, R. S. Pedagogia do Movimento Sem Terra: escola é mais do que escola. Petrópolis: Editora Vozes, 2000.

CAMACHO, R. S. A educação do campo em disputa: resistência versus subalternidade ao capital. Educação & Sociedade [online]. 2017, v. 38, n. 140, pp. 649-670.

CAVALCANTE, L. O. H. Das políticas ao cotidiano: entraves e possibilidades para a educação do campo alcançar as escolas no rural. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação [online]. 2010, v. 18, n. 68, pp. 549-564.

DIAS, A. C.; DIAS, G. L.; CHAMON, E. M. Q. de O. Representação social da educação do campo para professores em formação. Psicologia & Sociedade [online]. 2016, v. 28, n. 02, pp. 267-277.

FARIAS, M. N.; FALEIRO, W. Educação dos povos do campo no Brasil: colonialidade/modernidade e urbanocentrismo. Educação em Revista [online]. 2020, v. 36, pp. 1-21.

KÖCHE, J. C. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

MARTINS, F. J. A escola e a educação do campo. São Paulo: Pimenta Cultural, 2020.

RIBEIRO, M. Reforma agrária, trabalho agrícola e educação rural: desvelando conexões históricas da educação do campo. Educação e Pesquisa [online]. 2015, v. 41, n. 1, pp. 79-100.

SANTOS, M. Educação do Campo no Plano Nacional de Educação: tensões entre a garantia e a negação do direito à educação. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação [online]. 2018, v. 26, n. 98, pp. 185-212.

SAVIANI, D. A pedagogia histórico-crítica na Educação do Campo. In: BASSO, J. D.; NETO, J. L. dos S.; BEZERRA, M. C. dos S. (orgs.) Pedagogia histórico-crítica e educação no campo: história, desafios e perspectivas atuais. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico [livro eletrônico]. 1. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

SILVA, A. L. B. da. A educação do campo no contexto da luta do movimento social: uma análise histórica das lutas, conquistas e resistências a partir do Movimento Nacional da Educação do Campo. Revista Brasileira de História da Educação [online]. 2020, v. 20, pp. 1-24.

SILVA, K. A. de L. Concepções e práticas da educação do campo: um estudo com professores em formação [livro eletrônico] – Natal: IFRN, 2020.

VENDRAMINI, C. R. Educação e trabalho: reflexões em torno dos movimentos sociais do campo. Cadernos CEDES [online]. 2007, v. 27, n. 72, pp. 121-135.

Downloads

Publicado

2023-12-14

Como Citar

CORREA DUARTE, S. A luta pela educação do campo no contexto das políticas educacionais no Brasil. VEREDAS - Revista Interdisciplinar de Humanidades, [S. l.], v. 6, n. 12, p. 47-64, 2023. DOI: 10.56242/revistaveredas;2023;6;12;47-64. Disponível em: //periodicos.unisa.br/index.php/veredas/article/view/499. Acesso em: 12 jun. 2024.